16/4/2015 - Fespesp
Por Fespesp

Moção de Apoio à Greve dos Professores do Estado de São Paulo

A Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo - Fespesp se solidariza aos professores paulistas, em greve desde o último dia 13 de março, por justas reivindicações salariais, além da incansável luta em busca da melhoria da educação pública e da recuperação da dignidade de toda a categoria.
 
A postura do Governo do Estado de São Paulo tem sido minimizar a envergadura e a robustez do movimento, não abrindo canais de negociação para um diálogo franco sobre as justas e sérias propostas do magistério de São Paulo, que sofre as mazelas de duas décadas de total desvalorização, naquele que é o maior estado da Nação, especialmente após o Decreto 61.132 de 25 de fevereiro de 2015 que, além de inconstitucional, arrocha ainda mais o salário dos servidores públicos.
 
Esta postura intransigente do Governo é ruim para os grevistas, para os alunos sem aula e para a Educação e a Sociedade como um todo.
 
O movimento grevista dos professores é legítimo e reflete o descaso do Governo do Estado de São Paulo e o governador Geraldo Alckmin deve imediatamente abrir negociações para se buscar uma solução da greve que passa pelo atendimento das reivindicações.
 
Todo apoio aos professores paulistas! À vitória.
 
Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo
São Paulo, 16 de abril de 2015



Notícias mais visitadas nos últimos 30 dias

1 - Fespesp pressiona deputados pela votação do PLC 30/2013
2 - Entidades do Judiciário definem próximos passos da Campanha Salarial

.... mais notícias