22/5/2015 - Fespesp
Por Raquel Munhoz

Presidência da SPPREV recebe Comissão de Entidades

Raquel Munhoz
Raquel Munhoz
A Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo (Fespesp) esteve reunida na tarde desta sexta-feira (22) com a presidência da São Paulo Previdência (SPPrev) para tratar da situação atual dos pensionistas e aposentados de todo o estado. A reunião foi solicitada pela Comissão de Entidades Representativas dos Servidores Públicos do Estado de São Paulo.
 
O encontro foi conduzido pelo presidente da Fespesp, José Gozze, e pelo diretor-presidente da SPPrev, José Roberto de Moraes. Durante a sua fala, Gozze abordou as dificuldades que os Servidores do Judiciário, Executivo e Legislativo têm enfrentado com a autarquia. Mencionou desde a demora para sair as aposentadorias e as pensões até questões específicas de recadastramento e recenseamento dos servidores.
 
Moraes respondeu às críticas da Fespesp alegando que a SPPrev apenas está cumprindo a legislação em vigor e o decreto do governador Geraldo Alckmin, que impediu a abertura de concurso para contratação de novos servidores da SPPrev. Moraes completou que a autarquia está com um déficit de 60 funcionários, cerca de 20% do total, e que afeta diretamente na liberação dos benefícios aos servidores.
 
Os representantes da Comissão de Entidades apresentaram a indignação dos servidores quanto ao atraso no pagamento dos reajustes anuais de pensões.
 
A restrição orçamentária que a SPPrev vem passando atinge também o recenseamento e recadastramento, serviço extremamente importante para que os servidores não tenham seus benefícios suspensos. A empresa que estava contratada tinha como meta 340 mil recadastramentos por ano, no entanto, em três anos de contrato só realizou cerca de 120 mil. O serviço está temporariamente suspenso e como solução, a SPPrev está estudando uma parceria com os Correios.
 
A reunião foi satisfatória e trouxe uma proximidade entre a Comissão de Entidades, a Fespesp e a SPPrev. Será dada continuidade ao assunto na audiência solicitada junto ao governador do estado. 
 
Estiveram presentes na reunião José Gozze (presidente da Fespesp e da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Assetj), Diógenes Francisco Marcelino (secretário geral da Fespesp e conselheiro administrativo da SPPrev), Sylvio Micelli (vice-presidente da Assetj, diretor de Imprensa da Fespesp e conselheiro administrativo suplente da SPPrev), Wally Ferreira Lühmann de Jesuz (presidente da Associação dos Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo - Apampesp e diretora de Aposentados da Fespesp), Rose Bisaglia (vice-presidente da Apampesp), Irene Menghini Rizzo (diretora da Associação dos Serventuários da Justiça dos Cartórios Oficializados do Estado de São Paulo - Asjcoesp), Luiz Carlos Toloi Junior (conselheiro da Associação dos Agentes Fiscais de Renda do Estado de São Paulo - Afresp e diretor de Saúde da Fespesp) e  João Elísio Fonseca (vice-presidente da Associação dos Servidores Aposentados e Pensionistas da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo - Aspal e conselheiro fiscal da Fespesp). 

Representado a SPPrev, estiveram presentes o presidente José Roberto de Moraes, a assessora da presidência Gilvânia Francisca da Silva e a gerente de pensões Valdineia Oliveira de Sousa.



Notícias mais visitadas nos últimos 30 dias


.... mais notícias