17/2/2017 - Fespesp
Por Marianna Oliveira

Servidores de Bauru debatem previdência e Campanha Salarial

FOTO RAQUEL MUNHOZ
Os presidentes Mario Medeiros e José Gozze em visita ao Fórum de Bauru

As notícias nos grandes veículos de comunicação no Brasil trazem um cenário completamente diferente sobre a Reforma da Previdência, a maior ameaça dos servidores públicos do Brasil. Manchetes como “A previdência está quebrada” e “Reformar hoje para se aposentar amanhã” são ideias mentirosas utilizadas pelo Governo Federal para dificultar a aposentadoria no Brasil. 

Tendo esse contexto em vista, a Assetj, Aojesp e Fespesp estão viajando pelo estado de São Paulo para contestar o Governo e lutar para que a PEC 287 não seja aprovada na Câmara. No começo da tarde da última sexta-feira (17), as entidades estiveram presentes em Bauru para conversar com os servidores da região sobre as mazelas da Reforma e discutir os itens da Campanha Salarial 2017 que serão apresentados oficialmente na Assembleia Geral de março. 

Desta vez, a conversa iniciou com a representante da Associação dos Servidores de Bauru, Luciana Falcão, pedindo aos colegas união e interação nos assuntos que cercam o Judiciário e o serviço público. “Precisamos participar mais das mobilizações. É muito importante estar junto nesse momento e não apenas esperar os resultados aparecem sozinhos”.  

Logo em seguida, José Gozze deu início a conversa alertando sobre todas as ameaças da Reforma da Previdência caso seja aprovada. Um dos itens mais preocupantes da PEC é que, todos os servidores que ingressaram na carreira depois de 2003 precisarão contribuir 49 anos para conseguir aposentadoria integral. Gozze relembrou que “a Pública [Central do Servidor] está aí para defender os servidores, ao contrário de outras centrais sindicais que priorizam o setor privado e os bancos." 

O presidente da Aojesp, Mário Medeiros Neto ressaltou dizendo que "a hora das nossas mobilizações é agora, fazendo toda pressão necessária. Reunir todo mundo e ir a Brasília no dia da votação não dará resultado algum, porque nem teremos acesso aos deputados. O trabalho deve ser feito agora, nas bases eleitorais dos deputados".

Finalizando seu discurso sobre a previdência, o presidente da Assetj explicou aos servidores a nova forma de comunicação com os deputados federais que está sendo preparada pela Assetj e a Fespesp. Em breve, o site sobre a Reforma da Previdência estará no ar com todas as informações sobre a PEC, calendário de votação, gráficos da dívida pública e comparativos da aposentadoria do Brasil com outros países do mundo."O importante é deixar claro aos deputados da sua região que você está de olho da forma que ele vai votar essa reforma", completou. 

Quanto aos itens da Campanha Salarial, Neto acredita que o mais importante é discutir o índice inflacionário, a famosa data-base. “O Tribunal tem que cumprir [data-base] agora em março, o resto dos itens da campanha podem ser discutidos o ano inteiro. Por isso precisamos nos concentrar no índice e nos itens monetários da pauta”, frisou. 

Para dar dimensão ao tamanho da dívida que o Tribunal tem com os funcionários, o outro representante da Associação dos Servidores de Bauru, Benedito Falcão, levou aos colegas uma breve explicação sobre o índice inflacionário que não é reposto pelo Tribunal de Justiça desde 2004. Segundo Falcão, o servidor do Judiciário já perdeu mais de R$9 mil. 

Gozze finalizou o encontro convidando a todos para comparecerem na Praça João Mendes, no centro da cidade de São Paulo. Para facilitar o deslocamento dos servidores do interior, a Assembleia Geral foi alterada para dia 17 de março. Faltando exatamente um mês para o anúncio da pauta, os servidores de Bauru se propuseram a mandar email ao presidente do Tribunal de Justiça, Paulo Dimas, pedindo que pelo menos as reposições salariais sejam pagas. 




Notícias mais visitadas nos últimos 30 dias

1 - Encontro com Escreventes - Discussão do PL 3/2018
2 - Inauguração da Pública São Paulo
3 - Encontro com Escreventes discute aprovação do PL 3/2018
4 - Discussão do Núcleo dos Escreventes da Assojubs acontece em Cubatão
5 - Audiência Pública pela Aprovação do PL 3/2018
6 - Mosap lança alerta de nova fraude contra servidores públicos
7 - Chamado para a Audiência Pública na quinta (30) sobre o nível universitário
8 - SPPrev deixará de enviar holerites pelos Correios
9 - Servidores da Comarca de Assis reunidos com a Assojubs e Sintrajus
10 - FOCAE-SP realiza encontro com candidatos ao legislativo estadual e federal

.... mais notícias