20/9/2019 - Assojubs
Por Camila Marques/ Assojubs

Assojubs nas comarcas de Santos, São Vicente, Praia Grande, Registro



A Assojubs e o Sintrajus estiveram nos dias 10, 11 e 12 de setembro nas comarcas da Baixada Santista e Vale do Ribeira. Os encontros com os servidores foram para fazer a distribuição do informativo conjunto elaborado pelas entidades, passar os informes referentes à categoria e chamar para a participação no ato público que será realizado na Praça João Mendes (SP), às 12 horas, na próxima quarta-feira, 18 de setembro.

No dia 10 foi a vez de conversar com os servidores de Santos, dia 11 com os judiciários de São Vicente e Praia Grande e em 12 de setembro, os representantes da associação e do sindicato se reuniram com os funcionários de Registro e Cananéia.

Um resumo das informações contidas no jornal “O Processo/Sintrajus Notícias” foi passado pelos representantes, como a luta pela nomeação dos aprovados nos últimos concursos para escreventes, assistentes sociais e psicólogos, a extensão do auxílio creche especial aos aposentados e pensionistas e a falta de diálogo na gestão de Manoel de Queiroz Pereira Calças, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), que evitou a mesa de negociação e deixou os servidores de lado para priorizar os magistrados, pois, se somados os índices de 2018 e 2019 destinados aos funcionários (1,81% + 3,94%= 5,75%), não resulta na metade dos 16,4% pagos aos juízes e desembargadores. Uma diferença de 10,65%.

A Assojubs e o Sintrajus estiveram nos dias 10, 11 e 12 de setembro nas comarcas da Baixada Santista e Vale do Ribeira. Os encontros com os servidores foram para fazer a distribuição do informativo conjunto elaborado pelas entidades, passar os informes referentes à categoria e chamar para a participação no ato público que será realizado na Praça João Mendes (SP), às 12 horas, na próxima quarta-feira, 18 de setembro.

No dia 10 foi a vez de conversar com os servidores de Santos, dia 11 com os judiciários de São Vicente e Praia Grande e em 12 de setembro, os representantes da associação e do sindicato se reuniram com os funcionários de Registro e Cananéia.

Um resumo das informações contidas no jornal “O Processo/Sintrajus Notícias” foi passado pelos representantes, como a luta pela nomeação dos aprovados nos últimos concursos para escreventes, assistentes sociais e psicólogos, a extensão do auxílio creche especial aos aposentados e pensionistas e a falta de diálogo na gestão de Manoel de Queiroz Pereira Calças, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), que evitou a mesa de negociação e deixou os servidores de lado para priorizar os magistrados, pois, se somados os índices de 2018 e 2019 destinados aos funcionários (1,81% + 3,94%= 5,75%), não resulta na metade dos 16,4% pagos aos juízes e desembargadores. Uma diferença de 10,65%.

Uma notícia recente e importante para a categoria foi transmitida aos servidores, a respeito de uma resolução aprovada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na terça-feira (10/9) para padronizar o pagamento de auxílio saúde a juízes e que também envolve os servidores.

 

De acordo com o texto, fica estabelecido aos servidores um repasse de até 10% do subsídio destinado ao juiz substituto de cada Tribunal de Justiça. Diante da resolução do CNJ, fica viável deferir uma reivindicação antiga da Assojubs, Sintrajus e demais entidades: a majoração do auxílio saúde!

Outro  assunto disposto foi a urgência do debate sobre a democracia no Judiciário, em que há falta de transparência quanto a um orçamento participativo, isonomia remuneratória vertical e horizontal, presença nas decisões do Tribunal que influenciem a vida dos servidores e direito ao voto em eleições (Proposta de Emenda à Constituição 526/2010), entre outros assuntos. Com esse foco, as entidades lançaram a pesquisa para avaliar a gestão do TJ-SP. Para votar, é só acessar o:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScM-2cuKdA1zkRYL2mLmS9BCvl9ppxy0YWQkWAMQa7gmAdAlw/viewform.

A Assojubs e o Sintrajus estiveram presentes nas comarcas com Regina Helena Assis, Sidnei Dalla Marta Fernandes, Adelson Pereira Gaspar, Michel Iorio Gonçalves, Sueli Bernardino, Claudia Damião e Eduardo Requejo.

 

Acerca do jornal “O Processo/Sintrajus Notícias”, a leitura pode ser feita no:

http://www.assojubs.org.br/site/wp-content/uploads/2019/09/edicao_especial_o_processo_2019.pdf

 

Publicada em 13/09/2019




Notícias mais visitadas nos últimos 30 dias

1 - Live Ações para o enfrentamento do Coronavírus
2 - Debate: Expectativas sobre o Judiciário - part. José Gozze
3 - Tudo pronto para a Live histórica do dia do Trabalhador neste 1º de Maio
4 - Live: O papel dos servidores na reconstrução do estado brasileiro
5 - Iamspe: Carteirinha Digital, 2ª via de boleto e a Declaração de IR
6 - Live: o serviço social em tempos de pandemia
7 - Centrais enviam carta para o presidente da Câmara Rodrigo Maia
8 - Live: Os Servidores do Judiciário na crise do Coronavírus
9 - O remédio da demagogia em tempos de coronavírus
10 - NOTA DAS CENTRAIS SINDICAIS
11 - Taxar grandes fortunas é alternativa para garantir mais recursos
12 - Nota de Repúdio da Pública por ofensa do Ministro Guedes
13 - Nota das centrais sindicais em defesa da Democracia, contra o Golpe
14 - Live | Políticas públicas e serviço público durante e pós pandemia

.... mais notícias