22/1/2020 - Fespesp
Por Raquel / Fespesp

TJSP marca primeira reunião com entidades representativas



 

Após solicitação da Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo (Fespesp), o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, agendou a primeira reunião da sua gestão com as entidades representativas para o dia 21 de fevereiro, às 10h, no Palácio da Justiça.

 

Pinheiro Franco esteve na cerimônia de retomada das obras do Fórum de Osasco nesta segunda-feira (20) e declarou, em entrevista a dirigentes da Apatej, que o ano será difícil. 

 

O presidente da Fespesp, José Gozze, espera que a partir desta Presidência haja um diálogo construtivo e que garanta novos rumos para os servidores do Judiciário, para a Justiça Paulista, para o serviço público e para o cidadão que procura celeridade e bom atendimento na Justiça.
 

O orçamento para gastos com pessoal aprovado em 2020 é maior do que o do ano passado. “Iremos lutar pela garantia da reposição de 2019/2020 e por um plano para repor as perdas passadas”, afirma Gozze. Com o aumento da verba de recolhimento das custas judiciais, a Assetj irá defender também o aumento do auxílio-saúde para R$800, já que em 2019 o TJSP já pretendia pagar R$500 por servidor às empresas de planos de saúde.




Notícias mais visitadas nos últimos 30 dias

1 - Presidente do TJ-SP diz que 2020 será um ano difícil
2 - APEOESP conquista liminar para suspensão da PEC 18
3 - TJSP marca primeira reunião com entidades representativas
4 - Reforma administrativa: o começo do fim do serviço público
5 - Frente Paulista em Defesa do Serviço Público realiza reunião de trabalho
6 - NOTA DE REPÚDIO AO MINISTRO PAULO GUEDES
7 - Frente Paulista presente no início atividades Legislativas de SP
8 - Frente Paulista discute próximo grande ato e pressiona deputados na Alesp
9 - Fespesp participa da Cerimônia de Abertura do Ano Judiciário
10 - Paulo Guedes compara funcionário público a parasita
11 - Governo avalia desistir de proposta própria de reforma administrativa

.... mais notícias