17/3/2020 - Folha de S. Paulo
Por Monica Bergamo

Justiça suspende reforma da Previdência de Doria



A deputada professora Bebel (PT-SP), que é presidente da Apeoesp, o sindicado dos professores de SP, e advogados do grupo Prerrogativas conseguiram uma liminar para suspender a implementação da reforma da Previdência do governo João Doria, sancionada no começo do mês.

 

O desembargador Antonio Carlos Malheiros concedeu uma liminar depois de acatar os argumentos de que o processo legislativo não foi respeitado e que houve atropelo quando a proposta foi discutida na Assembleia Legislativa.

 

"O processo legislativo não pode ser alterado, devendo seguir as regras, já existentes na casa legislativa, que aprecia a criação de uma nova ordem jurídica, seja de que natureza for", afirma o magistrado em seu despacho.

 

Malheiros suspendeu os efeitos da emenda constitucional, "uma vez que os documentos trazidos aos autos são hábeis a comprovar a existência de direito líquido e certo, além do fumus boni juris e do periculum in mora".

 

A medida foi sancionada por Doria no dia 6 de março. O governo espera economizar R$ 58 bilhões em 15 anos caso ela prevaleça

 

Dentre as principais mudanças da lei está alíquota correspondente ao desconto da previdência na folha de pagamento, que deixa de ser de 11% para todos e passa a ser progressiva de 11% a 16%, sendo de 11% ára ps servidores que ganham um salário mínimo, de 15,7% para quem ganha mais de R$ 6 mil.

 

A idade mínima de aposentadoria passa a ser de 62 para mulheres e 65 para homens. O tempo mínimo de contribuição passa a 25 anos.

 

Doria defende a reforma afirmando que ela vai evitar caos e a falência no Estado e afirma que pretende usar os recursos economizados em áreas sociais, como segurança pública, saúde, educação.

 

 Número do Processo: nº 2044985-25.2020.8.26.0000

Direta de Inconstitucionalidade

Relator(a): ANTONIO CARLOS MALHEIROS

Órgão Julgador: Órgão Especial

 

Leia em: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2020/03/justica-suspende-reforma-da-previdencia-de-doria.shtml?utm_source=whatsapp&utm_medium=social&utm_campaign=compwa

 




Notícias mais visitadas nos últimos 30 dias

1 - Assessoria do TJSP confirma: sem previsão de pagamento da data-base
2 - Retirar direitos dos servidores é destruir o Serviço Público
3 - Artigo: PEC Emergencial 186/2019
4 - Ato do dia 18 suspenso em São Paulo
5 - APESP protocola ofício requerendo adoção ampla e imediata do teletrabalho
6 - Assojubs aborda presidente do TJ durante passagem pela Baixada Santista
7 - Repressão aos servidores marca aprovação da Reforma da Previdência em SP
8 - Informe do TJSP sobre o Coronavírus
9 - Assojubs e Sintrajus reforçam a participação na Assembleia Estadual
10 - Posicionamento da Pública sobre ações econômicas em tempos de Coronavírus
11 - Governo de S. Paulo quer perseguir influenciadores com dinheiro público
12 - Juiz corregedor revoga OS que estipulava metas para setor técnico
13 - Justiça suspende reforma da Previdência de Doria
14 - Comunicado do Conselho Superior da Magistratura
15 - Guedes é contra redução salarial de servidores durante pandemia
16 - Nota de repúdio ao Deputado Rodrigo Maia
17 - Corte de salário de parlamentares é essencial durante a pandemia
18 - COVID-19: Iamspe abre Pronto Atendimento exclusivo para servidores
19 - Vacinação contra gripe no Iamspe
20 - Fespesp cobra TJSP sobre medidas contra o COVID-19
21 - Vitória da Pública em articulação da PEC Nº 10/2020
22 - Transformação de Agentes será votada dia 10 de abril
23 - Nota de pesar - Falecimento do Oficial João Alfredo Portes
24 - Aplausos no Dia Mundial da Saúde
25 - Campanha de Arrecadação de recursos para o Iamspe

.... mais notícias